Alenquer: «Wine Discoveries» um curso intensivo para negócios nas áreas da viticultura, enologia e do enoturismo

by Alvaro Carrilho

Foram mais de 30 horas de formação, no espaço de apenas três dias, não se tratasse de um “curso intensivo de empreendedorismo”, aquele que envolveu os autores dos 10 projetos finalistas do concurso “Wine Discoveries” em Alenquer.

Inserido no âmbito da Cidade Europeia do Vinho 2018 Torres Vedras/Alenquer, o concurso tem como principal objetivo promover o desenvolvimento de ideias de negócio que contribuam para a divulgação do território e do vinho da região.

Concorreram numa primeira fase 18 candidaturas, nas áreas da viticultura, enologia e enoturismo, das quais foram selecionadas dez finalistas, com base em critérios previamente definidos como a sua aplicabilidade e caráter inovador.

Este curso intensivo tinha por objetivo dotar os formandos de ferramentas para melhorar as suas ideias de negócio, permitindo em simultâneo ao júri colocar questões e pedir esclarecimentos para melhor sustentar a sua avaliação final.

Ao longo do curso foram abordados temas como “o setor vitivinícola e as suas potencialidades”, “Inovação Tecnológica”, “Inovação e Marketing no setor dos vinhos” ou “Ferramentas de análise financeira e como estruturar um ideia no Wine Business”. Para além disso ao longo dos três dias houve sessões de trabalho em grupo para desenvolvimento e coaching das ideias de negócio, com a participação de mentores.

Entre os formadores contavam-se representantes do Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV), do ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa, da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) e do Instituto Politécnico de Leiria (IPL).

A cerimónia de encerramento contou com a presença dos presidentes dos municípios de Alenquer e Torres Vedras, Pedro Folgado e Carlos Bernardes, respetivamente, e do administrador da Caixa Agrícola de Torres Vedras, Manuel Guerreiro, patrocinador do Wine Discoveries.

O administrador da Caixa Agrícola, manifestou a sua satisfação pela oportunidade de participar numa iniciativa que se enquadra naquela que é a filosofia da sua instituição.

“A Caixa Agrícola sempre se destacou pela sua preocupação social e pelo seu apoio à economia local, e consideramos este concurso uma excelente iniciativa, na promoção ao empreendedorismo e às novas ideias de negócio, numa área chave da nossa região como é a viticultura”, disse.

Carlos Bernardes destacou por seu turno o papel que este tipo de iniciativas pode desempenhar, no combate ao fenómeno da desertificação.

“Todos sabemos que o emprego é essencial para a fixação de jovens no concelho, e ao apoiarmos o surgimento de novas empresas, estamos a contribuir ativamente para a criação de mais postos de trabalho, e sobretudo de trabalho qualificado”, defendeu.

 

Carlos Bernardes,  presidente do municípios de Torres Vedras

Pedro Folgado destacou a parceria do município com Torres Vedras, para a atribuição da distinção “Cidade Europeia do Vinho”, como um exemplo de inovação.

“Nunca tinha existido uma candidatura conjunta, mas entendemos que juntos somos de facto mais fortes, e por isso decidimos avançar mesmo não sabendo qual seria a reação a uma candidatura de dois municípios. O tempo acabou por provar que estávamos certos, e queremos continuar a trabalhar juntos após 2018, dando por exemplo continuidade a projetos como este concurso”

 

Pedro Folgado  presidente do municípios de Alenquer

A cerimónia terminou com uma prova de vinhos da “Cidade Europeia do Vinho”, e um brinde com todos os envolvidos na ação de formação.

Os três projetos vencedores desta primeira edição do “Wine Discoveries” serão conhecidos a 11 de novembro, com prémios monetários de 10.000, 3.500 e 1.500 euros, respetivamente.

Para além disso, o prémio inclui também a incubação gratuita nas instalações do Torres Vedras Labcenter ou do Alen_quer Inovar.

O “Wine Discoveries” resulta de uma parceria entre a Incubadora de Negócios de Alenquer, o LabCenter de Torres Vedras e o Audax – Centro de Empreendedorismo e Inovação do ISCTE-IUL, e tem o patrocínio da Caixa de Crédito Agrícola de Torres Vedras.

Fonte: CMA

 

Outros temas de interesse

Portugal Notícias utiliza cookies para uma melhor experiência de navegação. Tem a opção de recusar ou aceitar. Aceito Mais informações

Privacidade & Política de Cookies